Bem Vindo , Hoje é

00:00:00

NOTÍCIAS / CARAVANA

Após liberdade, Lula visitará Mato Grosso ainda neste ano

Por Carlos Martins, Folha Max  / 

16 de Novembro de 2019 as 18:34

O Partido dos Trabalhadores (PT) em Mato Grosso vive a expectativa de receber o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na retomada da Caravana que vai rodar o País. Preso desde o dia 7 de abril de 2018, Lula foi solto no último dia 8, um dia após decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que derrubou a possibilidade de prisão após condenação em 2ª instância.

 

Lula estava detido na Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba (PR), cumprindo pena no processo da Operação Lava Jato referente ao tríplex do Guarujá. Embora a caravana deva começar pelo Nordeste, conforme foi anunciado, o presidente do Diretório Estadual do PT em Mato Grosso, deputado estadual Valdir Barranco, aposta que o estado seja um dos primeiros a receber Lula e sua caravana. “Lula deve viajar muito pelo País. Ele vai retomar as caravanas agora, e deveremos ser os próximos da vez para recebê-lo aqui em solo mato-grossense com a caravana do lula também”, disse o petista, em entrevista ao Programa Resumo do Dia, a TV Brasil Oeste.

 

A intenção do ex-presidente é percorrer o Brasil para reorganizar a oposição ao governo Jair Bolsonaro. De olho nas eleições de 2022, Lula quer assumir o papel de “fio condutor da pacificação nacional”, como ele tem dito, e para isso pretende percorrer as principais regiões do País, retomando a caravana.

 

Para Valdir Barranco, a soltura de Lula “é o início da correção da injustiça. “Nós continuaremos lutando para a anulação do processo. Porque ele é um preso político, nada se comprovou contra ele, mas foi o restabelecimento pelo STF da clausula pétrea da Constituição Federal que é o artigo 5ª, inciso 57, que diz que ninguém pode ser preso enquanto ainda couber recurso, enquanto não houver trânsito em julgado de sentença condenatória”, defendeu o líder petista em Mato Grosso.

 

Barranco ressaltou as comemorações realizadas em várias partes do País em torno da liberdade concedida ao ex-presidente. “O Lula já falou bastante nesse período, já recebeu muitas manifestações de lideranças do mundo todo, recebeu convite da prefeita de Paris, onde ele vai ser condecorado com o título de cidadão parisiense”, informou.

 

DIRETRIZES

Com a maior liderança do PT em liberdade, Barranco diz que o partido deve iniciar um trabalho de “reconstrução” do Brasil, e a legenda começa a traçar novas diretrizes. “O presidente Lula, como líder que é, sabe que é hora de trabalharmos pela reconstrução de nosso País. Para isso ele já está e continuará dialogando com as lideranças de outros partidos também a nível nacional. E isso também vai reverberar em outros estados”, disse o presidente do partido em Mato Grosso.

 

Para ele, esse trabalho de reconstrução vai repercutir em Mato Grosso já nas próximas eleições municipais, em 2020. “Obviamente que nós queremos ter candidaturas do PT em Mato Grosso, queremos ter candidaturas do PT aqui em Cuiabá, nas grandes cidades também, mas nós haveremos de compor com os demais partidos e por isso ainda é muito cedo para a gente falar qual é o candidato do PT, qual que nós apoiaremos, mas certamente o presidente Lula vai trazer novos ânimos para estas candidaturas em todo o Brasil e no Mato Grosso”, concluiu.

 











Comente Logo Abaixo